Reflexões na poesia do Pink Floyd #1

Introdução: Inicio hoje uma série de pequenas reflexões alavancadas pela leitura de trechos de letras do Pink Floyd. Minha intenção é publicá-las toda sexta-feira. Não haverá qualquer tipo de ordem cronológica, por fases da banda ou temática. Considerarei ainda como a entidade “Pink Floyd” todas as fases da banda, desde o início sob a liberança de Syd Barret, passando pelo auge comandado por Roger Waters, e chegando ao ocaso encarnado pelo trio remanescente David Gilmour, Richard Wright e Nick Mason. Excepcionalmente utilizarei também algumas declarações de mebros da banda, além de trechos de letras das carreiras solo de Syd Barret e, principalmente, Roger Waters.

Espero que meus (poucos) leitores gostem das reflexões e se sintam à vontade para comentar.

Como não poderia deixar de ser começo com um trecho de uma letra do álbum que inspirou o nome deste blog.

“For long you live and high you fly
And smiles you’ll give and tears you’ll cry
And all you touch and all you see
Is all your life will ever be”

Música: Breathe
Álbum: The Dark Side of the Moon

Esses versos sintetizam de uma forma belíssima muito do que penso da vida; não haverá outra, temos apenas uma chance de viver e não devemos perder tempo esperando pelo que pode ser, no máximo, meras possibilidades.

Afinal, parafraseando os versos, não importa quanto tempo você viva e o quão alto você voe, os seus sorrisos, as suas lágrimas, o que você toca e o que você vê é tudo o que sua vida será.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s