6 meses, 2 pessoas e 1 Quitinete

Dizem que o primeiro ano de casamento é o mais difícil. Em resposta a isso, eu só posso dizer uma coisa: BULLSHIT! Esse tipo de generalização proveniente da “sabedoria” popular nunca me convenceu.🙂

E, pelo menos no nosso caso, posso dizer com certeza que não há muito do que reclamar nesses primeiros 6 meses de convivência diária. Bom, na verdade tem sim, mas não tem nada a ver com nós dois.

Apesar de termos comprado um apartamento de três quartos com varanda com previsão de ficar pronto no já longínquo janeiro de 2011 (fujam dessa construtora: PDG, ironicamente “Poder de Garantir”), devido a um atraso da construtora tivemos que casar e improvisar. Assim, estamos morando em uma quitinete de aproximadamente 5 x 5 m, basicamente um caixote de concreto com apenas uma janela, e em que o único ambiente “diferenciado” é o banheiro (aqui entendido como um minúsculo compartimento de 0,90 x 1,20 m com privada e chuveiro… sim, a pia divide espaço com a sala/quarto/cozinha/área de serviço). Ah, e quando chove forte, como tem acontecido nos últimos dias, sempre é possível chegar em casa e ter que secar algumas partes do quarto/sala/cozinha/área de serviço, pois devido a algum tipo de erro de projeto ou construção há dois pequenos pontos em um determinado ponto da parede que parecem duas minas d’água. Ah, e tem um bocado de mofo também.

Fico imaginando se casais que acham o primeiro ano de casamento difícil conseguiriam passar por esse perrengue todo!

Enfim, nesses 6 meses de casado tem ficado cada vez mais claro pra mim que é preciso uma dose considerável de amor para que duas pessoas dividam uma rotina juntos. Bom, eu tenho um estoque imenso disso, e vejo nos olhos, nos atos, na cumplicidade, no sorriso dela que a recíproca é verdadeira.

Difícil não é o primeiro ano de casamento. Difícil é tirarmos nossos olhos dos nossos próprios umbigos e passarmos a olhar para o outro não como alguém que “invadiu” o nosso espaço particular, mas sim como uma parceira que divide as conquistas, os problemas, as dificuldades, as facilidades, a diversão, o trabalho, a culinária, a TV, o tempo, a vida.

Esta história está apenas no começo. E começou muito bem!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s