Perversidade em Outdoor

Vejam essa notícia publicada na Folha de São Paulo.

Uma tal Igreja Casa de Oração (por sinal, a mesma denominação que ocupa esse prédio em BH) resolveu colocar o seguinte outdoor em Ribeirão Preto:

Vejam só… como é bonito o amor cristão, não é mesmo? Nada como divulgar mensagens que, claramente, ofendem uma parcela da população que simplesmente têm uma orientação sexual diferente da maioria.

Segundo o pastor da referida igreja, o Sr. Antônio Hernandes Lopes, a mensagem foi colocada ontem para “denunciar o pecado da homossexualidade”.

Não vou nem entrar no mérito sobre a estupidez que é essa opinião de a homossexualidade ser pecado. Isso é tão bobo que não vale uma linha do meu tempo. O que eu gostaria de saber é o seguinte:

Por que alguns cristãos, como esse pastor citado acima, bem como figuras conhecidas como o Pastor Silas Malafaia e outros da mesma laia, insistem em repetir como papagaios versículos como os publicados acima para condenar a sexualidade alheia (mania que essas pessoas têm de se preocupar com o que adultos fazem de forma consentida em seus quartos), porém se esquecem completamente de outras passagens que pertencem ao mesmo livro mitológico, ignorando-as convenientemente?

Vejamos algumas dessas passagens que, desconfio (e espero), nunca veremos publicadas em oudoors:

Salmo 137:9: Feliz aquele que pegar em teus filhos e der com eles nas pedras.
I Samuel 15:3: Vai, pois, agora e fere a Amaleque; e destrói totalmente a tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até à mulher, desde os meninos até aos de peito, desde os bois até às ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos.
Eclesiásticos 25:26: Toda malícia é leve, comparada com a malícia de uma mulher; que a sorte dos pecadores caia sobre ela!
Oseias 13:16: Samaria virá a ser deserta, porque se rebelou contra o seu Deus; cairão à espada, seus filhos serão despedaçados, e as suas grávidas serão fendidas pelo meio.

Os versículos acima, bem como alguns outros, foram muito bem comentados pela Rayssa Gon em dois posts do Bule Voador, devidamente denominados “As 12 passagens mais aterrorizantes da Bíblia”, parte 1 e parte 2.

Que tal mais alguns exemplos?

Provérbios 19:18: Castiga o teu filho enquanto há esperança, mas não deixes que o teu ânimo se exalte até o matar.
Colossenses, 3:22: Escravos, obedecei em tudo aos vossos senhores terrenos, não só sob o seu olhar, como se os servísseis para agradar aos homens, mas com simplicidade de coração, por temor de Deus.
I Coríntios 14:34: As mulheres devem ficar caladas nas assembléias de todas as igrejas dos santos, pois devem estar submissas, como diz a lei.
Deuteronômio 20:13-14: E, se o Senhor, teu Deus, a entregar nas tuas mãos, passarás a fio de espada todos os seus varões. As mulheres, porém, as crianças, o gado e tudo o que houver na cidade, todos os seus despojos, os tomarás para ti, e desfrutarás da presa dos teus inimigos, que o Senhor, teu Deus, te houver entregue.
Números 31: 17,18: Matai, pois, todos os varões, mesmo os de tenra idade, e degolai as mulheres que tiveram comércio com homens; mas reservai para vós as donzelas e todas mulheres virgens.

Esses aí o pessoal ignora, não é mesmo? Ainda bem, né?… imagina que porcaria de sociedade seríamos se as pessoas, realmente, levassem a sério tudo o que está escrito nesse livrinho diabólico.

Meus camaradas do Bule Voador, Pedro Almeida e Alexandre Marcati, fizeram uma amostra de como seriam alguns cartazes com trechos bíblicos geralmente ignorados, como os citados acima. Confira neste link.

6 Respostas para “Perversidade em Outdoor

  1. a biblia é de carater publico, pode copiar em qualquer lugar

  2. Você já leu a Bíblia. Ela todinha? Bom, seria ótimo contestualizar as passagens aqui citadas. Eu sou muito curiosa e, como voc~e, não aceito qualquer resposta.

  3. Olá “Dona Flor”,

    as passagens citadas acima são horrendas em qualquer contexto que se analise.

    A Bíblia, como literatura mitológica, não perde em nada em para outras obras de outras mitologias, como a Grega, por exemplo. Há exemplos de fábulas edificantes tanto na Bíblia como na Ilíada e na Odisseia, assim como também há muitos exemplos de atitudes sangrentas e perversas avalizadas por divindades.

    Se a Bíblia fosse vista como ela é, apenas um livro de contos mitológicos, não teria nada contra. Porém, a partir do momento que há pessoas que realmente acreditam que ela foi inspirada por uma determinada divindade, abre-se um caminho perigoso para o fundamentalismo nefasto, como no exemplo do outdoor no início do post. Felizmente, essas mesmas pessoas escolhem ignorar outros trechos dessa coleção de mitologias, como aqueles que coloquei como exemplo.

  4. Mais um arataca ateu que se julga mais inteligente do que àqueles que creêm…

    O que é mitologia para você é vida para muitos.

    Para os demais, a obrigação de atender o que a Biblia diz é daqueles que se sujeitam a ela, a saber judeus e cristãos.
    Para ser cristão de verdade, não da boca para fora, devemos abandonar aquilo que desagrada a Deus.
    Aqueles que não quiserem se sujeitar a Deus, simplesmente não viverão a eternidade com Ele. Simples assim.

    Quanto ao outdoor, certamente não serviu para ganhar ninguém para Cristo, apenas escandalizar. Como diria o pessoal da Assembléia, pura meninice.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s