Serra fala merda (pra variar)

Até onde vai o fundo do poço?

O nível deste 2º turno está baixíssimo, isso todos sabemos. Agora, na minha opinião, o Serra ganha no quesito “filhadaputice”.

Em uma atitude que só posso considerar como desespero, o cara me fala que o PNDH-3 “tornava transgressor, criminoso aquele que fosse contra o aborto”…

Desafio o sr. José Serra a apontar onde no texto do PNDH-3 ele viu escrito que quem for contra o direito ao aborto será considerado transgressor ou criminoso. Mau caráter é pouco para qualificar esse senhor candidato.

Aliás, como esse email não chegará até ele mesmo, desafio a qualquer um que concorde com esse esdrúxulo disparate a apontar tal maluquice.

Eis abaixo uma Nota Pública da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, informando como o PNDH-3 trata a questão do aborto.

O resto é alucinação.

Nota Pública PNDH-3

Em razão de declarações distorcidas sobre o Programa Nacional de Direitos Humanos – PNDH-3, algumas vezes envolvendo má-fé e utilização eleitoreira de suas propostas, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República sente-se no dever de corrigir as afirmações do candidato José Serra que, no Jornal Nacional de ontem à noite (19), declarou que o PNDH-3 “tornava transgressor, criminoso aquele que fosse contra o aborto”.

Para que se restabeleça a verdade sobre o PNDH-3, cabe esclarecer:

•    o PNDH-3 não torna transgressor ou criminoso quem quer que seja. O Programa trata o aborto como tema de saúde pública. Na redação inicial (21/12/2009) constava “Apoiar a aprovação do projeto de lei que descriminaliza o aborto, considerando a autonomia das mulheres para decidir sobre seus corpos”. Na versão definitiva, publicada em 13/05/2010, consta “Considerar o aborto como tema de saúde pública, com a garantia do acesso aos serviços de saúde” (Diretriz 9, Objetivo Estratégico III, ação g);

•    o PNDH-3 não foi feito pelo PT ou por um partido. É um decreto presidencial resultado de amplo processo democrático, com propostas debatidas e aprovadas na 11ª Conferência Nacional dos Direitos Humanos (2008) e em dezenas de outras conferências com a participação da sociedade civil e governos estaduais.  A Conferência Estadual de São Paulo, por exemplo, foi convocada pelo Decreto 53.005 de 16 de maio de 2008 pelo então governador José Serra. Esta etapa elegeu delegados para a Conferência Nacional, cujas resoluções aprovadas deram origem ao PNDH-3;

•    o PNDH-3 traz diretrizes para orientar o poder público na promoção e defesa dos Direitos Humanos, em total consonância com a Constituição Federal, com as recomendações da Conferência de Viena da ONU (1993) e com os diversos instrumentos internacionais (ONU e OEA) assinados pelo Brasil;

•    o PNDH-3 atualiza os programas de Direitos Humanos lançados em 1996 e 2002. No caso do aborto, por exemplo, o PNDH-2 – da administração Fernando Henrique Cardoso – defendia explicitamente o aborto como tema de saúde pública e propunha a ampliação dos casos em que seu uso seria permitido pela lei. Eis o texto: “Apoiar a alteração dos dispositivos do Código Penal referentes ao estupro, atentado violento ao pudor, posse sexual mediante fraude, atentado ao pudor mediante fraude e o alargamento dos permissivos para a prática do aborto legal, em conformidade com os compromissos assumidos pelo Estado brasileiro no marco da Plataforma de Ação de Pequim” (ação 179). Determinava ainda a necessidade de “Considerar o aborto como tema de saúde pública, com a garantia do acesso aos serviços de saúde para os casos previstos em lei” (ação 334), sendo esta última redação quase idêntica à usada no PNDH-3.

A desinformação não colabora com o processo democrático, desrespeitando a cidadania e os Direitos Humanos.

Brasília, 20 de outubro de 2010

 

 

12 Respostas para “Serra fala merda (pra variar)

  1. Vai ser muito bom derrotar esse candidatozinho bosta…

  2. Pingback: Tweets that mention Serra fala merda (pra variar) « No Lado Escuro da Lua -- Topsy.com

  3. sinceramente, alex.

    eu ja não aguento mais esse segundo turno. eu sinto nauseas do que pode acontecer até domingo.

    eu voto em dilma, mas nem de longe aprovo muitas das atitudes dela nessa campanha.

    e vc ainda descobre um monte de gente, pessoas ao se redor, galere “moderna” usando celular enfeitado e roupa “hype” com ideias que deixariam minha avó, se estivesse viva, louca.

    [/desabafo]

  4. Rayssa,

    Eu tb não concordo com muitas atitudes da minha candidata durante a campanha.

    Mas a escolha política é isso aí. Vejo pontos favoráveis em ambos os candidatos. Colocando na balança, escolhi a Dilma no 1º e neste 2º turno.

    O dia em que eu concordar 100% com as atitudes e ideias de qualquer candidato a qualquer cargo, pode me internar porque provavelmente eu terei sofrido algum tipo de lavagem cerebral.

    Sobre seu último parágrafo… tenho a mesma sensação:
    http://caouivador.wordpress.com/2010/10/24/quando-descobri-que-alguns-de-meus-amigos-sao-reacionarios/

  5. O Serra é de um partido conservador de direita, portanto muito mais propenso a ficar do lado de grupos religiosos. Odeio com todas as minhas forças as religiões e PSDB’s da vida. Nunca votaria em um partido conservador, nem se eu gostasse do seu candidato a presidente. Por isso vou votar na Dilma. Pelo menos ainda mantenho minha esperança de que um dia, com o PT, aprovem nossos direitos humanos, coisa que nunca acontecerá com esses imbecis conservadores, hipócritas e religiosos no governo.

  6. E vou evitar de me encontrar com meus amigos “serristas” até esse fim de semana, pelo bem da minha saúde, ou da saúde deles… Pq ando realmente sem estômago e sem paciência pra ouvir gente vomitando besteiras e defendendo esse careca idiota. Principalmente gente que eu pensava ser mais bem informada… Foda…
    [/desabafo2]

  7. Aí, Glaucio e rayssa, deem uma lida nesse texto do Daniel (o cara que comentou aí em cima) no Index:
    http://index.opsblog.org/10/2010/um-voto-higienico/

  8. Ótimo o texto do Daniel! Resume perfeitamente o que estou sentindo.

    Só não concordo com a parte em que ele fala que é totalmente a favor de que haja um partido forte que defenda as idéias dos religiosos.
    Por mim, idéias de cunho religioso nem deveriam entrar no campo da política, muito menos ter um partido que as apóie.
    Definitivamente, quero um Brasil do futuro mais parecido com a Holanda do que com os EUA.

  9. Rapaz, off topic: tu deixou um comentário lá no Index, mas acho que apaguei sem querer (tava na caixa de spam, acho que foi pro espaço junto com outros)…:-/

  10. Pois é Daniel. Enchi o comentário de links anti-tucanada, imaginei que ia pro spam pela qtde de links.

    Tem galho não.

  11. Daniel, coloquei lá de novo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s